terça-feira, 4 de maio de 2010

Remar. Re-amar. Amar

Aprender a caminhar e além de tudo caminhar junto. De mãos dadas e corações interligados. É assim, quando se ama. E eu digo, caminharei. Independente de chuva, tempestade, Sol, seja lá o que for que esteja nesse caminho, seguro forte na sua mão e vou. Pois aprendi a amar assim que vi nos seus olhos o amor que não conhecia e cada vez que olho novamente descubro cores ainda mais belas...



"Eu entro nesse barco, é só me pedir. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se e
sse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena.
Que por nós vale a pena.
Remar. Re-amar. Amar."
Caio Fernando Abreu

Resto do Post

5 comentários:

-rayane- disse...

bestona, sempre vale a pena.


:*

'vale quanto pesa'

Sidney Rocha disse...

Sempre é possível caminhar junto! Sempre é possível acreditar no amor! Que ele faça sofrer o nosso coração quando a solidão existir, mas que não faça os pés perderem seus movimentos!

dany disse...

É preciso acreditar nessa coisa linda que é sonhar... viver,buscando,SONHAR! que nossa vida é simplesmente isso...

Hosana Lemos disse...

amar e receber de volta o mesmo amor...éh, não existe coisa mais gratificante!
;)

lindo

naodizemnadaqeunãopossadizer. disse...

"Pois aprendi a amar, assim que vi nos seus olhos o amor que não conhecia..."



Amo muito.