quarta-feira, 27 de maio de 2009

A mulher só - Harold Robbins



Livro escrito em 1976, por Harold Robbins.
Ano de edição dessa publicação, 1985.

O que me impressiona nos livros do Harold é como ele consegue expressar com exatidão os sentimentos de uma mulher.
A mulher deste livro é JerriLee.
Incrívelmente a frente da sua época. Incrívelmente linda. Incrívelmente talentosa. Incrívelmente inteligente. Incrivelmente escrava do seu sexo.
Ela sonha em ser escritora porém se depara com o paradigma da época em que as mulheres só serviam como dona de casa ou prostituta. E é claro que ela não concorda com isso.
Como toda mulher, ela ama muito, mas não se prende aos seus amores tudo isso em busca de independência. E ela consegue.
Uma das partes do livro que mais me impressionou e que realmente consegue descrever o que ela sente é uma parte que ela escreve em um dos seus livros " As boas meninas vão para o Inferno"


"Nasci com dois furos e sem bolas. Era uma menina. Fadada a sair do útero da minha mãe diretamente para a escravidão do meu sexo. Não gostei disso nem naquele instante. E comecei a urinar em cima do médico no momento em que ele dava palmadas no meu traseiro."





6 comentários:

Milena Palladino disse...

Adorei, Milca! =)

~{★daniєlvictσя} disse...

Ahh, adorei também! *-*

Me empresta!

HAHAHAHAHAHAHAHH

Júniorr disse...

"Nasci com dois furos e sem bolas. Era uma menina."
te descreveu frend, HUSAHASHHUSAUAS, nossa axei mto foda essa parte do livro, q vc postou!

fodaa *.*

Savoy disse...

Tive que aguentar muito desse livro. brinks/ Livro foda o/

Hannah Islanne disse...

Lindo Lindo *.* Depois quero ler!
bjoks

Milena Palladino disse...

Posta mais? =)